O parecer da reforma da Previdência, que deve ser oficialmente apresentado à Comissão Especial nesta quinta-feira (19/6), vai suprimir a proposta de capitalização do sistema, além das mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC). A contribuição criada para a aposentadoria rural também foi retirada pelo relator, deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP).

Segundo o líder do PP, Arthur Lira (AL), que se encontrou com o relator e outras lideranças partidárias na manhã desta quarta-feira (18/6), estados e municípios devem ser retirados do texto. Se os governadores conseguirem garantir os votos para ajudar na aprovação da matéria, depois podem ser incluídos por destaque, que são mudanças feitas no plenário.

Apresentada a nova versão do texto, ela já poderá ser votada na próxima semana pela Comissão Especial. A expectativa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é de que possa pautá-la na primeira semana de julho no plenário, antes do recesso parlamentar, que começa oficialmente em 18 de julho. A maior parte das mudanças foram decididas após reunião com lideranças partidárias na manhã desta quarta-feira (18/6), na Residência Oficial da Presidência da Câmara, em Brasília.