Grupo católico de Brasília assume controle do Colégio Opet

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O Colégio Opet, de Curitiba, passa para o controle da União Brasileira de Educação Católica (Ubec), de Brasília. O anúncio foi feito na noite desta quarta-feira (22) pela presidente do Grupo Educacional Opet, Adriana Karam, em uma live no Youtube, segundo informações do portal Bem Paraná.

Passam à Ubec o controle do ensino infantil, fundamental e médio na sede do Bom Retiro. O nome mudará para Colégio Católica de Curitiba antes mesmo do fim do ano letivo.

“O grupo Ubec vai assumir a sede do Centro Cívico. Escolhemos o grupo Ubec porque eles têm uma visão humana”, disse Adriana, na live. Segundo ela, o grupo Opet vai se dedicar à Escola Técnica, ao ensino superior e à editora Opet, que produz material didático.

“Gostaria que os pais confiassem no novo parceiro. É um grupo que tem 50 anos de experiência”, disse o padre Romualdo Degasperi, diretor da Ubec. “Temos ideiais, valores. É uma associação que congrega várias vertentes”.

“Assumimos o compromisso. Afirmo que o DNA do grupo Ubec, nos valores cristãos, esteja presente na hora de ensinar”, disse o diretor geral do grupo Ubec, Artur Napo Libera. “Peço que os pais continuem confiando”.

Questionada sobre se a escola Opet foi vendida, Adriana Karam foi evasiva. “A escola deixa de estar nas nossas mãos e passa para o grupo Ubec. Não é uma transação comercial, não é a essência desse nosso movimento”, disse ela.

O Grupo Educacional Opet foi fundado em janeiro de 1973. Em 1998, assumiu o controle do colégio Lins de Vasconcelos, que funcionava no Bom Retiro desde o ano de 1970. O antigo dono do colégio Opet, professor José Antonio Karam, morreu em 27 de fevereiro do ano passado. (Bem Paraná).

 

 

 

Deixe uma resposta