Deputados carismáticos

A influência religiosa teve grande peso nestas eleições. Não é novidade, é claro, já que as várias denominações evangélicas sempre trabalharam para eleger seus representantes. Nesse avanço das religiões sobre cadeiras nos Legislativos do país, a Igreja Católica também buscou ocupar espaço. A Renovação Carismática, umas das alas do catolicismo, se organizou e conseguiu eleger parlamentares.

Em 2014, os votos dos carismáticos foram fundamentais para elegerem Diego Garcia (deputado federal pelo PHS) e Evandro Araújo (deputado estadual pelo PSC). Foram votações apertadas. Garcia conseguiu apoio suficiente para ir direto para a Câmara Federal. Já Araújo ficou como suplente, mas a saída de Ratinho Jr. para a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedu) abriu espaço para o ex-vice-prefeito de Marialva chegar à Assembleia Legislativa paranaense.

Em 2018, a história foi diferente e os dois foram reeleitos. Os carismáticos foram novamente em peso às urnas para apoiar os dois representantes. Evandro Araújo foi o segundo mais votado na coligação de Ratinho e o campeão de votos de seu partido, o PSC. Foram 64.767 votos neste ano contra 23.233 em 2014.

Deputados carismáticosDiego Garcia (foto), agora no Podemos, teve 61.063 votos em 2014. Em outubro, saiu das urnas reeleito com 103.154 votos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: