O transatlântico MSC Seaview aportou em Santos. Mas cadê o Beto?

(por Ruth Bolognese) – Depois de partir do porto de Gênova, na Itália, o super transatlântico MSC Seaview, chamado de Gigante dos Mares, aportou em Santos esta manhã, destino final do luxuoso cruzeiro iniciado em Gênova, Itália, há 18 dias e 10.571 quilômetros depois.

A viagem do Gigante dos Mares chama a atenção dos paranaenses pela presença do casal ex-governador Beto Richa e a esposa Fernanda, fotografados no roteiro entre Espanha e Portugal (foto). O casal foi visto por uma passageira curitibana ontem de manhã, durante o café da manhã. Ela desembarcou no Rio de Janeiro, mas não viu mais nem Beto Richa e nem a esposa.

Também não pode afirmar que ambos desembarcaram ou não no Rio de Janeiro, dado ao grande movimento de pessoas que cerca a operação. Só de passageiros, o Seaview transporta cinco mil.

Aos que aguardam o retorno do Beto Richa com certa ansiedade, não resta alternativa a não ser esperar. Mesmo no desassossego sobre o destino que lhe aguarda, o ex-governador deve aportar no Paraná a qualquer momento. Só não deve querer muito barulho no retorno.

2018-12-06T16:14:48+00:00 06 dezembro - 2018 - 15:18|Brasil, Paraná, Política|2 Comentários


2 Comentários

  1. joao claudio 6 de dezembro de 2018 em 16:06 - Responder

    Ruth, isso é para milionário que tem apartamento de 1 milhao de reais em Curitiba, como a loira ariana e senadora petista que é denunciada pela PGR e tem de pagar 3 milhoes pelos prejuízos aos cofres públicos. Um dia a fã , quem sabe, se iguala à ídola corrupta!

  2. Enéas 6 de dezembro de 2018 em 16:25 - Responder

    Quantos tico-ticos custa esse cruzeiro marítimo?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Contraponto. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Contraponto se reserva os direitos de não publicar e de eliminar comentários que não respeitem estes critérios.

Deixe uma resposta