Informa a revista Época que o Museu de História Natural de Nova Iorque, lugar em que a Câmara de Comércio Brasil-EUA entregaria o prêmio de Pessoa do Ano para Jair Bolsonaro, decidiu cancelar a cessão de suas instalações para o evento previsto para maio.

Em sua conta no Twitter, o museu escreveu que “Com respeito mútuo pelo trabalho e pelos objetivos de nossas organizações, concordamos conjuntamente que o museu não é o local ideal para o jantar de gala da Câmara de Comércio Brasil-EUA. Este evento tradicional acontecerá em outro local, na data e na hora originais”.