Maia não vê crime para justificar impeachment do presidente

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na noite dessa segunda-feira (3), durante o programa Roda Viva, da TV Cultura de S. Paulo,  que não encontrou embasamento legal n pilha de  pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro enviados ao Congresso Nacional..”Destes que estão colocados, eu não vejo nenhum tipo de crime atribuído ao presidente, de forma nenhuma”, disse.

Para Maia, o impeachment não pode ser instrumento para solucionar crises.”Tem que ter um embasamento para essa decisão e não encontro ainda nenhum embasamento legal”, acrescentou.

Perguntado sobre o motivo de ainda não ter engavetado os cerca de 50 processos, o presidente da Câmara justificou que isso ocuparia tempo na agenda do Congresso, que neste momento deve focar em pautas sobre o coronavírus. “Estamos no meio de um processo de pandemia e qualquer decisão agora leva um recurso ao plenário e nós vamos ficar decidindo impeachment sem motivação para isso. É por isso que eu não decido”, explicou.

Rodrigo Maia criticou, todavia, a atuação de Bolsonaro na pandemia, fato que está no centro de alguns dos pedidos de impeachment. “O presidente errou na questão de minimizar o impacto da pandemia, a questão da perda de vidas. Vamos chegar a 100 mil vidas perdidas. Ele minimizou, criou um falso conflito”, ressaltou. (Foto TV Cultura).

 

Deixe uma resposta