Difícil pra Palocci

O ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil nos governos Lula e Dilma, Antonio Palocci, condenado por Sérgio Moro, continua trancafiado em Curitiba e sem perspectivas concretas de que as “bombásticas” delações que anunciou venham a ser aceitas pelo Ministério Público Federal (MPF). Já teve os textos de duas delações recusadas pelos procuradores porque acrescentavam quase nada a tudo que a Operação Lava Jato já sabia. Palocci e seus advogados trabalham agora na terceira versão da papelada e esperam, na semana que vem, obter a boa vontade do MPF e, em troca, ir pra casa com uma tornozeleira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui