Aulas presenciais só voltam com professores vacinados, diz governador do Paraná

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

As aulas presenciais na rede estadual de educação do Paraná só devem ser retomadas por volta do mês de maio, após a vacinação de professores, segundo o governador Ratinho Junior (PSD). A afirmação foi feita nesta terça-feira (30) em entrevista à rádio Jovem Pan, de Curitiba. O governador afirmou que pretende imunizar contra a Covid-19 os profissionais da educação e policiais, após concluir a vacinação de idosos. A informação é do G1 Paraná.

“Assim que a gente fechar o ciclo dos 60 anos, e eu acredito que até meados de abril a gente vai vacinar todos os de 60 anos, vamos começar os nossos policiais e professores. Isso vai ajudar a gente a, até meados de maio, estar voltando, se Deus quiser, para a sala de aula”, disse.

Na última sexta-feira (26), o governador já havia dito que o Paraná irá priorizar os profissionais da educação e da segurança pública depois da imunização de idosos com 60 anos ou mais. “A ideia é desovar a vacinação, e fazer com que o máximo de pessoas possam ser vacinadas o mais rápido possível”, disse.

Ainda nesta terça, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) reforçou que planeja antecipar a vacinação de professores e profissionais da segurança pública e a inclusão deles no calendário junto ao grupo de pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades.

De acordo com a secretaria, “a vacinação destes grupos será feita de maneira simultânea, com previsão de aplicação das doses no mês de maio, de acordo com a programação de entrega de vacinas pelo Ministério da Saúde. As aulas nas escolas estaduais retornarão em paralelo à imunização dos professores”.

Deixe uma resposta