Vereadores de Curitiba acatam moção de apoio ao Sinclapol, da Polícia Civil

O plenário da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) aprovou, na manhã desta segunda-feira (8), uma moção de apoio ao Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol). O pedido é para que a entidade “tenha voz e participação” no debate de projeto de lei que deve implementar mudanças na carreira dos policiais civis. O requerimento foi acatado em votação simbólica (sem o registro no painel eletrônico) e unânime .

O vereador Alexandre Leprevost (Solidariedade) relatou que a demanda foi apresentada a seu gabinete, no fim de abril. “Nós entendemos que toda e qualquer mudança na estrutura e no plano de carreira deve primeiramente e previamente acontecer através um debate entre a classe e o Governo do Estado. É necessário que tenha um franco entendimento e a exposição das consequências que eventuais mudanças de reestruturação poderão trazer para a instituição [Polícia Civil]”, argumentou.

Fortalecimento

“Nós precisamos valorizar as forças de segurança, os agentes de segurança. Nós precisamos dar sustentabilidade para que eles possam trabalhar, até porque são eles que saem de manhã para trabalhar, colocado suas vidas em risco”, complementou o vereador. “E a nossa intenção aqui, apesar de ser uma pauta estadual, é fortalecer o Sinclapol, para que ele possa sentar à mesa e avançar nas discussões com o Governo do Estado.”

Leprevost pediu ainda que os vereadores levem a pauta para deputados estaduais. “Como eu digo, a segurança tem que ser olhada com muito carinho. A nossa Guarda Municipal também tem que ser valorizada. E, com o novo plano, a gente espera que melhore muito a carreira dos guardas”, declarou Sidnei Toaldo (Patriota). Coautor da moção, ele disse que irá buscar o diálogo com o líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (Alep), Hussein Bakri (PSD).

A discussão foi acompanhada pela presidente do Sinclapol, Valquíria Gil Tisque; o secretário-geral-adjunto da entidade, Fernando Doria; o diretor de Assuntos dos Aposentados, Claudio Harmuch; e a tesoureira-geral, Fernanda Barão.(Foto: Carlos Costa/CMC).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui