Requião pede desfiliação do MDB

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O ex-governador e ex-senador Roberto Requião assinou na manhã desta segunda-feira (2) um ofício no qual pede a sua desfiliação do MDB. O político deixa o partido depois de 40 anos de militância. No Twitter, Requião justificou o pedido: “Ofício de minha desfiliação de MDB. Motivo: bolsonarismo, fisiologia, didatismo e desvios de conduta de membros da direção”.

A decisão ocorre depois de Requião ter perdido, no último sábado (31)  a disputa pelo comando estadual do partido para o deputado estadual Anibelli Neto em convenção realizada em Curitiba. A chapa 2 “MDB de Todos”, liderada por Anibelli, venceu com 203 (76%) dos delegados para formar a nova executiva estadual.

No domingo (1), o ex-governador postou no Twitter:  “Aí vamos ver quem sai comigo e abandona esse partido bolsonarista, racista e que se tornou absolutamente fisiológico. Será a prova da janela”.

1 comentário em “Requião pede desfiliação do MDB”

Deixe uma resposta