PF na casa do jornalista Oswaldo Eustáquio

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O jornalista e blogueiro paranaense Oswaldo Eustáquio, que mora em Brasília, recebeu a visita da Polícia Federal (PF). O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou a prisão domiciliar  dele e mandou colocar-lhe uma tornozeleira eletrônica.

Há pouco meses, Eustáquio foi preso no âmbito do inquérito que investiga o financiamento de “atos antidemocráticos” contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF). Ele estava em Ponta Porã (MS), fronteira com o Paraguai, e as autoridades entenderam que havia risco de fuga. O jornalista trabalhou algum tempo em veículos de comunicação social de Paranaguá.

Há poucos dias o jornalista denunciou o candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, por meio de um vídeo em seu canal no YouTube. A denúncia intitulada “O laranjal de Boulos” mostrou que o PSOL utiliza empresas fantasmas para lavar dinheiro na corrida eleitoral em SP”.

O jornalista, ligado a esquemas bolsonaristas, afirma que candidato do PSOL lavou dinheiro por meio da contratação de empresas falsas. Além disso, Oswaldo imputa a Boulos a prática do crime de falsidade ideológica eleitoral, afirmando que o dinheiro destinado às duas empresas seria oriundo de recursos públicos apropriados pelo psolista. Após essa denúncia a conta de Eustáquio no YouTube foi suspensa no domingo por uma decisão judicial.

 

 

 

Deixe uma resposta