Máscaras e álcool gel são entregues a lojistas e pedestres no centro de Curitiba

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A Associação Comercial do Paraná (ACP) promoveu na manhã desta sexta-feira (17) a entrega de máscaras de proteção e álcool gel para lojistas e pedestres no centro de Curitiba. Foram distribuídos gratuitamente três mil máscaras e tubos de álcool gel por colaboradores da ACP e o próprio presidente da entidade, Camilo Turmina. A entidade ambém distribuiu um panfleto com as informações sobre cuidados com a saúde nesta época de pandemia.

Na ocasião, Turmina falou sobre a reabertura do comércio de rua: “Não é uma volta à normalidade. Precisamos manter o distanciamento social, nos protegermos com máscaras e álcool gel. Mas o comércio precisa de alguma movimentação, sem nunca deixar de tomar os cuidados necessários para se evitar a propagação do coronavírus. “Orientamos para que as medidas tomadas durante o fechamento total para venda on-line, pelo whatsapp e por telefone sejam mantidas, mesmo com a reabertura das lojas”, complementou.

Na quinta-feira (16) , Camilo Turmina e diretores da ACP tiveram uma audiência com o prefeito Rafael Greca e o vice-prefeito Eduardo Pimentel. Lá foram informados sobre o teor do decreto publicado no Diário Oficial do município e as condições para que as lojas possam reabrir com segurança. “A orientação principal é evitar aglomerações. O lojista deve ter o cuidado de não permitir que as pessoas formem filas e fiquem muito próximas e deve disponibilizar máscaras para seus funcionários e álcool gel para eles e os clientes”, explicou Camilo Turmina. “É preciso um equilíbrio entre os cuidados com a saúde e o funcionamento do comércio para que todos tenhamos saúde física e financeira para passar por este momento”, finalizou o presidente da ACP.

A orientação da Associação Comercial do Paraná é para que as lojas funcionem das 10 horas  às 16 horas para evitar excesso de passageiros nos horários de pico do transporte público.

 

 

Deixe uma resposta