O governador Ratinho Junior e o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, se reuniram nesta quarta-feira (12), em Foz do Iguaçu, para acertar detalhes do contrato de gestão da segunda ponte ligando Brasil e Paraguai. A Ponte da Integração e uma via perimetral custarão R$ 462 milhões para a hidrelétrica, e a administração das obras ficará a cargo do governo do estado.

Acompanhado do secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, e de técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), Ratinho Junior e Joaquim Silva e Luna também acertaram a minuta do contrato de gestão da segunda ponte entre Foz do Iguaçu e o Paraguai.

O governador disse que o objetivo é estreitar a relação construída a partir da gestão da obra da segunda ponte para outras áreas, principalmente para captar investimentos em infraestrutura e desenvolvimento regional com foco em turismo e proteção ambiental.