Gaeco e Promotoria de São Jerônimo da Serra deflagram Operação Terra Curada

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Em São Jerônimo da Serra, no Norte Pioneiro do Estado, o Ministério Público do Paraná (MPPR) , por meio do núcleo de Londrina do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Promotoria de Justiça da comarca, deflagrou nesta terça-feira (9) a Operação Terra Curada, que apura a possível existência de um esquema irregular de distribuição de medicamentos de uso controlado.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa de um vereador da cidade, suspeito de ser o responsável pelas ilegalidades, e em uma unidade básica de saúde. Além de parlamentar, o investigado é servidor público da rede municipal.

Conforme levantado pelas investigações do MPPR, valendo-se dos cargos que ocupa, o vereador estaria mantendo um sistema de controle pessoal dos medicamentos entregues à população local. Ele também teria emitido receituários médicos com dados falsos para ter acesso e distribuir medicamentos com receita controlada do Município de São Jerônimo da Serra.

Afastado – Foram apreendidos documentos e um telefone celular. As investigações prosseguem para apurar possíveis novos crimes e a participação de outros envolvidos nas ilegalidades. As ordens de busca e apreensão foram expedidas pelo Juízo da Vara Criminal da comarca, que ainda deferiu liminar a pedido do MPPR determinando o afastamento temporário do investigado das funções públicas na Câmara e no Município. (Do MPPR).

1 comentário em “Gaeco e Promotoria de São Jerônimo da Serra deflagram Operação Terra Curada”

Deixe uma resposta