Fusão entre PSL e DEM poderá ser decidida este mês

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O ex-prefeito de Salvador ACM Neto, presidente nacional do DEM, disse nesta terça-feira (14), durante um evento promovido pelo BTG Pactual, que a provável fusão do partido com o PSL poderá ser decidida nos próximos 15 dias.A fusão de dois partidos desse tamanho implica em uma série de questões. Os próximos 15 dias serão decisivos.”

Ele acrescentou que o provável futuro partido tem o objetivo de lançar um nome ao Planalto em 2022.“O que a gente discute hoje é a possibilidade de criação de um novo partido, que nasceria como o maior partido do Brasil, com uma grande participação na Câmara, no Senado, com uma perspectiva de fazer uma quantidade importante de governadores e com o objetivo de lançar candidato próprio à Presidência da República”, disse.

Atualmente, o DEM tem como presidenciáveis o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco — este está sendo cortejado pelo PSD de Gilberto Kassab. O PSL lançou a pré-candidatura do apresentador de televisão José Luiz Datena. (De O Antagonista).

Deixe uma resposta