CPI vai sugerir indiciamento de Bolsonaro por charlatanismo

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Os dirigentes da CPI da Covid, do Senado Federal, decidiram, em almoço realizado nesta quarta-feira (11), que vão sugerir o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro por charlatanismo e curandeirismo, além de publicidade enganosa. A informação foi noticiada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, e confirmada pelo por Metrópoles, de Brasília.

O indiciamento decorre da defesa do mandatário da país pelo uso de medicamentos ineficazes no tratamento da Covid-19.

A decisão ocorreu durante intervalo na sessão desta quarta, em que os senadores colhem o depoimento do CEO da farmacêutica Vitamedic, Jailton Batista, que lucrou com a venda de ivermectina na pandemia.

A decisão parte de consenso entre o comando da CPI da Covid. No almoço, estavam os senadores Omar Aziz (PSD-AM), Renan Calheiros (MDB-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

 

Deixe uma resposta