Câmara de Curitiba também tem medidas de prevenção ao coronavírus 

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) comunicou, nesta segunda-feira (16), que o Legislativo está adotando diversas medidas a fim de evitar a propagação do novo coronavírus Covid-19 entre vereadores, servidores, funcionários terceirizados e a população em geral. O anúncio foi feito no pequeno expediente da sessão plenária pela quarta secretária da Casa, Maria Leticia (PV), que também é médica legista da Polícia Científica do Paraná.

Segundo a vereadora, com exceção das sessões plenárias e reuniões de comissões, as audiências públicas, sessões solenes e todas as demais atividades legislativas que reúnem grande público estão suspensas. Isso vale tanto para os eventos que estavam agendados para o Palácio Rio Branco quanto para aqueles que aconteceriam no auditório do Anexo II da CMC.

A partir desta segunda-feira (16), também fica restrito o acesso ao plenário. Estão autorizados a circular pelo Palácio Rio Branco apenas os servidores essenciais ao funcionamento das sessões plenárias e os assessores parlamentares só poderão entrar no plenário quando forem chamados pelos vereadores. Já com relação ao público em geral, este só poderá acompanhar as sessões pelas redes sociais do Legislativo – as sessões são transmitidas, ao vivo,câmara  no Youtube, Facebook e Twitter.

“Por acordo de lideranças, as sessões plenárias terão seu tempo reduzido, de 3 horas [regimentais] para, em média, 1 hora e meia. Os projetos serão debatidos [por seus autores] no tempo máximo de 5 minutos”, completou. Ainda segundo Maria Leticia, os cuidados de higiene serão reforçados: a limpeza nos setores administrativos e gabinetes parlamentares será intensificada com álcool gel e serão distribuídos frascos do álcool gel em todos os locais de trabalho.

“A vacinação contra a Influenza será antecipada na Câmara, tanto para vereadores quanto para servidores”, complementou a quarta secretária. “Vamos evitar aglomeração [nos corredores]. Peço que os assessores evitem vir ao plenário. Os visitantes, vamos pedir que fiquem do lado de fora [do Palácio Rio Branco], a imprensa escalonada. As sessões solenes estão todas suspensas e aqueles que acharem que não estiverem muito bem, vamos abonar as faltas”, reforçou o presidente da CMC, Sabino Picolo (DEM).

 

Deixe uma resposta