Senador é expulso de prédio da Polícia Civil ao tentar bater em governador

O senador Major Olímpio (PSL-SP) foi expulso do Departamento de Operações Policiais Estratégicas da Polícia Civil de São Paulo ao tentar agredir o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Ambos trocaram ofensas na manhã desta segunda-feira (16),em São Paulo, e o senador teve que ser retirado do local pela segurança do tucano.

“Fujão, fujão. Você não tem respeito”, gritou o senador durante a discussão, que também chamou o governador de “vagabundo” ao ser retirado do local.

No Twitter, Major Olímpio acusou Doria de escalar policiais civis do Dope para um evento com o único intuito de “fazer imagem”. De acordo com o senador, oficiais ficaram horas aguardando o governador.

“Mostrei a verdade e quando ele chegou, me insultou e se escondeu atrás de policiais que ele mesmo desvaloriza, mas que estão cumprindo sua missão e juramento. Covarde e mentiroso”, escreveu Olímpio no Twitter. (Fórum).

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui