Boca Aberta recorre ao STF contra cassação

O ex-deputado federal Boca Aberta (Pros-PR) entrou com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para se manter no cargo. Ele foi cassado na semana passada depois de a Câmara dos Deputados ter acatado decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Boca Aberta argumenta que a Câmara tirou seu mandato antes de receber o acórdão da decisão do TSE, que o considerou inelegível por ter sido também cassado pela Câmara Municipal de Londrina, em 2017, por quebra de decoro. O ex-deputado só conseguiu concorrer a deputado federal em 2018 com a ajuda de uma liminar.

Segundo ele, a Câmara se foi “abusiva” ao cassá-lo, já que “não foram exauridas as instâncias ordinárias no TSE”. A propósito, o mesmo Boca Aberta que agora alega que a Casa deve esperar receber esse acórdão é a favor do cumprimento de sentenças antes do esgotamento de recursos. Ele já se declarou a favor da prisão em segunda instância. (Informações de Lauro Jardim, de O Globo).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: