O juiz Friedmann Wendpap (foto), da 1ª Vara Federal de Curitiba, despontou entre colegas como o favorito para a vaga de Sergio Moro. O edital respeita critério de antiguidade na carreira, e ele está bem posicionado.

Esta semana, o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4) abriu edital para preenchimento da vaga deixada por Moro na 13.ª Vara Criminal, que preferiu se afastar a magistratura para assumir o ministério da Justiça de Jair Bolsonaro.

Atualmente, em caráter provisório, ocupa a vaga a juíza Gabriela Hardt, que ficou nacionalmente conhecida ao advertir Lula, durante uma audiência: “Se o senhor continuar neste tom comigo, vamos ter problema”, disse ela frente às provocações do ex-presidente.