A tarifa do transporte coletivo será reajustada em 6%, passando de de R$ 4,25 para R$ 4,50. A informação foi confirmada esta manhã de sexta-feira (22) pelo prefeito Rafael Greca em entrevista à Rádio Banda B.

Segundo o prefeito, o governador Ratinho Jr. vai repassar para a prefeitura R$ 150 milhões para subsidiar o sistema e evitar que a passagem custe para o passageiro o seu valor real, que poderia chegar a R$ 5,20.

Ratinho comemorou pelo Facebook:

“Boa notícia para o transporte coletivo de Curitiba e Região Metropolitana! O governo do Paraná garantiu o subsídio para a tarifa do transporte público. Além disso, vamos manter a integração e iniciar um projeto de revitalização do nosso sistema de transporte. Parabéns à população. Governo e prefeitura trabalhando em parceria pelos paranaenses!”

Fevereiro é a data-base de motoristas e cobradores e o prefeito Rafael Greca já vinha anunciando, desde o final do ano passado, que o reajuste seria “inevitável”.

Como a tarifa técnica (valor que o sistema de transporte paga às empresas por cada passageiro) já é de R$ 4,79, a diferença virá parcialmente  do subsídio.

Em conversas anteriores com o governador Ratinho Júnior, Greca havia pedido a manutenção do subsídio do Governo do Paraná que, no governo Cida Borghetti, foi de cerca de R$ 71 milhões.