Solumedi nega ligação com família Ratinho

Apontada pelo Gaeco como principal operadora de um esquema que, mediante atuação conjunta com políticos, cobrava (e pagava) propinas para que pacientes furassem a fila do SUS para receber atendimento em clínicas e hospitais do Paraná, a empresa Solumedi Franquias e Consultoria distribuiu nota para desmentir informações de que teria como sócias firmas pertencentes à família do apresentador Ratinho.

Servidores que atuaram nos gabinetes dos deputados Ademir Bier e Ratinho Jr. serviam de intermediários no esquema, facilitando o acesso a tratamentos e cirurgias mediante pagamento de valores. Tais valores eram, em parte – segundo diz o Gaeco -, repassados a hospitais e médicos, que eram também remunerados pelo SUS pelos mesmos procedimentos.

A Solumedi diz o seguinte:

Tendo em vista a deflagração de Operação oriunda do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO, a empresa SOLUMEDI FRANQUIAS E CONSULTORIA LTDA, esclarece que:

1. É sociedade empresarial, devidamente constituída nos órgãos competentes, que tem como escopo prestar serviços administrativos e agendamentos de consultas médicas, exames laboratoriais e outros procedimentos.
2. Foi erroneamente veiculado que a empresa SOLUMEDI seria de propriedade da família do apresentador de televisão Ratinho, o que não corresponde à realidade. A imagem do referido apresentador é apenas utilizada para campanhas publicitárias, outdoors e divulgação da empresa no mercado.
3. A empresa SOLUMEDI nega, de maneira veemente, a sua participação em ilícitos de qualquer natureza. Jamais participou de qualquer tipo de acordo entre médicos, empresários e agentes públicos destinado a “furar a fila” do Sistema Único de Saúde. Neste ponto, importante destacar que nenhum dos investigados tem qualquer tipo de relação com a empresa.
4. Todas as suas atividades empresariais são devidamente registradas, com regular e criteriosa prestação de contas à Receita Federal, bem como todos os procedimentos internos obedecem a rigorosos padrões de ética e conduta.
5. Por fim, a empresa SOLUMEDI, por meio de seus prepostos, esclarece que está à disposição das autoridades competentes para prestar qualquer esclarecimento e que está certa da mais absoluta inocência nos lamentáveis fatos apurador pela Justiça e amplamente divulgados pelos meios de comunicação.

2018-12-11T18:16:15+00:00 11 dezembro - 2018 - 18:16|Brasil, Paraná, Política|0 Comentários


Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Contraponto. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Contraponto se reserva os direitos de não publicar e de eliminar comentários que não respeitem estes critérios.

Deixe uma resposta