Ricardo Barros: “A CPI não pode sequestrar minha honra”

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Líder do governo federal na Câmara dos Deputados, o deputado Ricardo Barros (PP-PR) divulgou nesse domingo (4) um vídeo em que pede para ser ouvido na CPI da Covid.    Na publicação, o parlamentar afirma que foi “convidado para estar” na comissão em 8 de julho, mas que a oitiva foi desmarcada depois “sem nenhuma justificativa”.

“A CPI não pode sequestrar a minha honra ou de qualquer um que seja. Peço ao Supremo Tribunal Federal que eu possa defender a minha honra e dizer que não tenho nada a ver com o caso Covaxin”, afirmou.

Na última sexta-feira (2), Barros entrou com um mandado de segurança no STF no qual pede para prestar depoimento à CPI na quinta-feira (8).

O presidente do colegiado, Omar Aziz, adiou por tempo indeterminado a oitiva do líder do governo, acusado de envolvimento em irregularidades na negociação de vacinas.

Deixe uma resposta