PGR não dá descanso a Nelson Meurer

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de prioridade no andamento do processo envolvendo o deputado federal Nelson Meurer (PP/PR). O pedido é para que o acórdão seja publicado e o condenado inicie o cumprimento da pena.

Em relação à AP 996, o deputado federal Nelson Meurer – primeiro réu a ser condenado pelo STF em função das denúncias da Operação Lava Jato – o julgamento foi concluído no fim de maio deste ano, e até o momento, o acórdão da condenação – pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro – ainda não foi publicado.

A providência é necessária para que o parlamentar comece a cumprir a pena de 13 anos e 9 meses de prisão em regime fechado, além de pagar a multa superior a R$ 320 mil que foi imposta na decisão. “Assim, a fim de que a execução da pena possa ser iniciada, requeiro a vossa excelência seja conferida prioridade na publicação do acórdão resultante do julgamento ocorrido em 29 de maio de 2018, dando-se sequência da marcha processual”, requer a PGR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui