Para não perder deputados, PSB libera alianças no Paraná

Deputados estaduais do PSB estão livres para rever a decisão de mudar de partido. Coletivamente, quatro dos cinco membros da bancada tinham tomado a decisão para se bandear para o PSDB, DEM ou outra legenda que vier a compor a aliança com a candidata Cida Borghetti (PP) ao governo do estado. E até já tinham marcado data para a desfiliação: segunda-feira, dia 26.

A debandada era justificada pelo fato de a cúpula nacional vir insistindo há meses para que o candidato a receber o apoio do partido deveria ser Osmar Dias (PDT), contrariando os deputados estaduais do PSB que preferem manter-se afinados com o grupo político de Beto Richa e com o projeto do ministro Ricardo Barros de eleger a vice-governadora, sua mulher, ao governo.

O diretório nacional, no entanto, mudou de postura e liberou o estadual para firmar alianças politicamente mais convenientes em nível regional visando a garantir mais tranquilidade à reeleição dos atuais deputados e até mesmo ampliar a bancada na Assembleia Legislativa.

Fazem parte da bancada os deputados Alexandre Curi, Artagão de Mattos Leão, Luiz Cláudio Romanelli, Tiago Amaral e Jonas Guimarães. Apenas este último pretende se alinhar à candidatura de Ratinho Jr. (PSD).

Este movimento faz naufragar de vez a pretendida aliança do PSB com Osmar Dias, mas que agora tem portas mais abertas de coligar-se com o MDB, o PRB, PPS e Podemos.

 

1 COMENTÁRIO

  1. É o fim do mundo que para tentar se eleger governador é preciso fazer alianças com esse tipo de político, que só tem compromissos com interesses próprios e de amigos !!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: