Osmar Dias no camarote

(por Ruth Bolognese) – Enquanto a governadora-candidata, Cida Borghetti, passa vergonha com a inabilidade em lidar com o funcionalismo público, seu adversário na disputa pelo governo, Ratinho Jr, fica com a imagem arranhada. Ela tentou dar um agrado e teve que recuar. Ele tentou tirar uma casquinha e fazer o papel de bom moço e ficou a ver navios.

Enquanto isso, o ex-senador Osmar Dias, que já assistiu a muitos embates entre funcionalismo e governo e sabe que as partes dificilmente saem satisfeitas, preferiu ficar de fora.

Acompanhou o desgaste dos dois adversários meio aloprados e observando a inexperiência ou a irresponsabilidade de ambos para tratar de assunto tão sério. A continuar assim, tá de bom tamanho.

2018-07-11T08:30:08+00:00 10 julho - 2018 - 20:02|Brasil, Paraná, Política|2 Comentários


2 Comentários

  1. walter 10 de julho de 2018 em 20:13 - Responder

    vc é patética, procurando ser dissimulada no apoio a Osmar

  2. marco Prof. 12 de julho de 2018 em 22:32 - Responder

    Osmar merece o parabéns pela sua atitude em relação ao embate entre os funcionários públicos e Governo . Não faz parte da sua pessoa se aproveitar da situação para se promover politicamente.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Contraponto. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Contraponto se reserva os direitos de não publicar e de eliminar comentários que não respeitem estes critérios.

Deixe uma resposta