É muito pormenorizado o Boletim de Ocorrência – o famoso B.O. – que descreveu o episódio da madrugada de domingo (14) envolvendo o delegado civil Daniel Fagundes, preso em flagrante por ter disparado tiros em via pública, um deles ferindo o tenente do Corpo de Bombeiros Leonardo Andri.

Daniel é presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Paraná (Adepol) e recebeu solidariedade e apoio da entidade. Já a secretaria de Segurança Pública anunciou ter iniciado investigações para esclarecer os fatos e definir responsabilidades.

Veja o B.O.:

BOLETIM
BO: 447521 / 2019
NATUREZAS
DISPARO DE ARMA DE FOGO / DISPARO DE ARMA DE FOGO / LESAO CORPORAL
Data/Hora Registro: 1555238040000
Endereço: R CRUZ MACHADO – 554
Município: CURITIBA
Bairro: CENTRO
Envolvidos
LEONARDO ANDRI DORIS / ELEONARDO CARVALHO DE FARIAS / DANIEL PRESTES FAGUNDES / OCTAVIO AUGUSTO SESSEL / EDUARDO MENDONÇA DIAS
DESCRIÇÃO SUMÁRIA: EQUIPE POLICIAL MILITAR ACIONADA VIA COPOM, SENDO REPASSADA A INFORMAÇÃO DE QUE UMA PESSOA DENTRO DE UM VEÍCULO, FIAT UNO DE COR BORDO, SOLICITANTE NÃO VIU PLACAS, EFETUOU 03 DISPAROS DE ARMA DE FOGO, TAMBÉM NÃO VIU VITIMAS, PEDINDO PATRULHAMENTO NA REGIÃO E POSSÍVEL ABORDAGEM.
NO LOCAL, O SENHOR ELEONARDO CARVALHO DE FARIAS RELATOU A EQUIPE PM QUE VISUALIZOU UM INDIVÍDUO COM SOBRE PESO, DE CAMISETA ROSA E CALÇA QUE FOI CERCADO POR UM GRUPO DE INDIVÍDUOS, QUE TINHAM A INTENÇÃO DE AGREDIR ESSE HOMEM COM SKATES, E PARA SE DEFENDER, O CIDADÃO SE IDENTIFICOU COMO POLICIAL E EFETUOU TRÊS DISPAROS EM DIREÇÃO AO CHÃO.
EM ATO CONTINUO O POLICIAL PAROU UM MOTORISTA DA UBER QUE CONDUZIA UM VEÍCULO FIAT UNO COR VERMELHA, PARA QUE O RETIRASSE DO LOCAL, TOMANDO SENTIDO DA RUA BRIGADEIRO FRANCO. A EQUIPE INICIOU PATRULHAMENTO PARA TENTAR LOCALIZAR O SUPOSTO POLICIAL, SENDO QUE LOGO EM SEGUIDA O COPOM DESPACHOU NOVA OCORRÊNCIA DE DISPARO DE ARMA DE FOGO NA AL DR CARLOS DE CARVALHO 311.
NO LOCAL O 2º TENENTE BOMBEIRO LEONARDO ANDRI DORIS RELATOU QUE ESTAVA NA RUA CRUZ MACHADO, AGUARDANDO O UBER, QUANDO NOTOU QUE EM UM VEÍCULO FIAT UNO NA COR VERMELHA HAVIA DUAS PESSOAS DISCUTINDO, EM SEGUIDA UM INDIVÍDUO COM SOBRE PESO, CAMISETA ROSA E CALÇA JEANS DESEMBARCOU, APARENTEMENTE TRANSTORNADO, COM UMA ARMA DE FOGO TIPO PISTOLA EM MÃOS E NESTE MOMENTO ABORDOU O TENENTE E O MANDOU CORRER.
DIANTE DA SITUAÇÃO ENVOLVENDO ARMA DE FOGO O TENENTE SAIU CORRENDO ONDE APÓS ISSO O INDIVÍDUO EFETUOU UM DISPARO DE ARMA DE FOGO NA SUA DIREÇÃO VINDO A ACERTAR O SEU BRAÇO DIREITO. ATO CONTINUO O TENENTE PROCUROU LOCAL SEGURO E FEZ ACIONAMENTO 190.
DIANTE DESSAS INFORMAÇÕES A EQUIPE PM REALIZOU BUSCAS PARA LOCALIZAR O AUTOR DOS DISPAROS, ONDE NA ALAMEDA CABRAL RECEBEMOS A INFORMAÇÃO DE QUE O INDIVÍDUO HAVIA EFETUADO O DISPARO, TINHA ENTRADO NA CASA NOTURNA METRÔ, ONDE UM FUNCIONÁRIO DA CASA NOTURNA RELATOU SE TRATAR DE UM DELEGADO DE POLICIA, NESTE MOMENTO FOI SOLICITADO PARA O FUNCIONÁRIO INDICAR O LOCAL NA CASA ONDE O DELEGADO ESTARIA, SENDO QUE APÓS VISTORIA NA CASA CONSTATOU-SE QUE O MESMO SAIU POR UMA PORTA DE EMERGÊNCIA E ADENTROU NO HOTEL PALMARES, SITUADO NA ALAMEDA CABRAL 221. A EQUIPE PM FOI ATÉ O HOTEL E CONSTATOU QUE O INDIVÍDUO ESTAVA HOSPEDADO NO QUARTO DE NUMERO 206 E POR SE TRATAR DE DELEGADO DE POLICIA, A EQUIPE REALIZOU CONTATO COM O COPOM PARA REALIZAR O ACIONAMENTO DO COPE, TENDO EM VISTA DISPOSITIVO LEGAL QUE PRECONIZA OCORRÊNCIA ENVOLVENDO POLICIAL CIVIL. COMPARECERAM AO LOCAL AS VIATURAS DO COPE DE PREFIXO SO18011 E SO18016 QUE SE IDENTIFICARAM SOMENTE COMO “EQUIPE BRAVO”, OS QUAIS REALIZARAM ABORDAGEM AO POLICIAL CIVIL DENTRO DO QUARTO CITADO, SENDO QUE A EQUIPE POLICIAL MILITAR NÃO TEVE CONTATO ALGUM COM ESTA ABORDAGEM, RESSALTANDO QUE NÃO HOUVE CONHECIMENTO DA EQUIPE POLICIAL MILITAR SOBRE AS MEDIDAS TOMADAS E PROCEDIMENTOS ADOTADOS DENTRO DO QUARTO DO HOTEL, TENDO SIDO FEITA A CONDUÇÃO E CUSTÓDIA DO DELEGADO DE POLICIA DANIEL PRESTES FAGUNDES À CENTRAL DE FLAGRANTES PARA PROVIDÊNCIAS CABÍVEIS AO FATO, PELO COPE.
NO LOCAL DA PRIMEIRA OCORRÊNCIA FORAM LOCALIZADOS PELA TESTEMUNHA ELEONARDO DOIS ESTOJOS DEFLAGRADOS DE MUNIÇÃO CALIBRE .40 E NO LOCAL DA SEGUNDA OCORRÊNCIA UM ESTOJO DEFLAGRADO E UMA MUNIÇÃO INTACTA DE CALIBRE .40. APREENDIDOS PELA EQUPE PM. NA CENTRAL NOS FOI APRESENTADO PELAS EQUIPES DO COPE UMA PISTOLA DA MARCA TAURUS 24/7 PATRIMONIO PC-PR2996 SERIE N° SBM42481 COM UM CARREGADOR CONTENDO NOVE MUNIÇÕES INTACTAS CALIBRE .40, UMA CARTEIRA DE IDENTIDADE FUNCIONAL DE DELEGADO DA POLICIA CIVIL, UM CERTIFICADO DE REGISTRO DE ARMA.