Morre a mãe de Fernanda Richa

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Morreu em Curitiba a senhora Didi Bernardi Vieira, 85 anos, viúva de  Tomaz Edson de Andrade Vieira e mãe de Fernanda Vieira Richa, ex-primeira-dama do Paraná, de Avelino Vieira, Kiko Vieira e Claudia Vieira Pereira Oliveira. Dona Didi era natural de Foz do Iguaçu (PR), onde foi professora primária.

O corpo está sendo velado na capela do Cemitério Municipal da Água Verde. com o sepultamento marcado para as 13 horas deste sábado (21).

Tomaz Edson, que morreu em acidente aéreo em 1981, era presidente do extinto Banco Bamerindus do Brasil, que havia sido fundado por seu pai, Avelino Vieira.

4 comentários em “Morre a mãe de Fernanda Richa”

  1. Não deveria ser tratada como “a mãe da FR”, mas sim como ilustre, honesta e lutadora, Didi Vieira. Essa grande mulher não mereceu o desgosto e sofrimento de educar uma filha para ser presa, denunciada pelo MP e parte de tantos escândalos. A justiça poderia ter sido mais discreta.
    Essa tristeza, levou com ela.

  2. Que Deus a tenha
    Me chama a atençao seu nobre trabalho, era professora primaria.
    Moças bem nascidas faziam magistério e eram professoras
    Ser professora era sim uma atividade para a elite intelectual
    Esta senhora merece uma homenagen do sindicato dos professores, em minha opinião, e um premio com seu nome, pelo simbolismo que representa, pode ser ofertado a prefeitos e governador que mais que fala, aplica recursos a esta elite intelectual , que hoje, para garantir seu pão, faz greve de fome.
    Que contraditório mundo.

Deixe uma resposta