Ministro diz que todas as vacinas produzidas no Brasil terão prioridade do SUS

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Durante o lançamento do Plano Nacional de Imunização, ocorrido na manhã desta quarta-feira(16), em Brasília, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que todas as vacinas produzidas no Brasil terão prioridade no Sistema Único de Saúde (SUS). “Todas as vacinas produzidas no Brasil, ou pelo Butantan, pela Fiocruz ou qualquer indústria, terá prioridade do SUS e isso está pacificado”, afirmou.

De acordo com o ministro,  “o mais importante de hoje aqui não é apresentar o plano. O mais importante hoje é aqui é nós demonstrarmos que todos os estados, nós estamos juntos, todos os estados da federação serão tratados de forma igualitária, proporcional, não haverá nenhuma diferença”.

O ministro ainda perguntou “pra que essa ansiedade, essa angústia?” ao falar sobre a vacinação contra a Covid-19.

“Vamos levantar a cabeça. Acreditem. O povo brasileiro tem capacidade de ter o maior sistema único de saúde do mundo, de ter o maior programa nacional de imunização do mundo, nós somos os maiores fabricantes de vacinas da América Latina. Pra que essa ansiedade, essa angústia? Somos referência na américa latina e estamos trabalhando”, afirmou.

Pazuello afirmou ainda que todos os brasileiros receberão a vacina de forma gratuita, nos postos de vacinação. “Vacinas registradas, vacinas garantidas em sua segurança e eficácia. Nós não podemos brincar com a saúde da população brasileira”, disse. (Do G1).

 

Deixe uma resposta