Lições de 2020

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Por Claudio Henrique de Castro –

  1. Juntar-se ao lado de Bolsonaro nas eleições de 2020 não foi uma boa ideia, nem será em 2022;
  2. A mentira tem perna curta;
  3. O desemprego de 15 milhões de pessoas é implacável e o endereço da culpa é o Ministério da Economia, na Esplanada dos Ministérios;
  4. Toda a política brasileira é refém do Centrão;
  5. Os políticos vitoriosos são os que nem são de direita, nem de esquerda, são glicerina;
  6. O negacionismo governamental da ciência é uma catástrofe;
  7. A Terra é redonda;
  8. A Covid-19 não é um resfriadinho;
  9. A escola sem partido não existe;
  10. O Brasil será o último a receber a vacina da Covid-19;
  11. Somente Tribunais Internacionais poderão condenar Bolsonaro pelas 180 mil mortes;
  12. Maia e Alcolumbre se declararão reis do Congresso Nacional, e instituirão a monarquia legislativa, pois eleições são muito chatas;
  13. As promessas de campanha dos prefeitos eleitos já foram esquecidas pelo eleitorado;
  14. As festas de Natal e Ano Novo serão virtuais, os presentes continuam físicos;
  15. A inteligência tem limites, a ignorância não.

2 comentários em “Lições de 2020”

  1. Por partes

    2 Mentira tem a perna que querem dar. Tem mentira valida ate hoje. Por exemplo, o Bolsonaro foi um militar exemplar.

    4 Toda Politica no Brasil é refém da Mídia. Tô aguardando alguem dar a relevância que merece o Livro da Vaza Jato, que mostra a facilidade que é manobrar a opinião publicada. e arrastar os votos necessários.

    9 Escola sem partido existe. estudei numa em Botafogo RJ. Escola Joaquim Nabuco. E depois em outra também em Botafogo , Colegio Pedro II .Os nomes em si já são uma inspiração, foi lá aprendi a ser o que sou hoje.

    11 Tem um tribunal mais proximo do Bolsonaro que a ONU. Chama-se MP que investiga as rachadinhas milionárias dos criticos da corrupção dos outros.

  2. Larry de Camargo Vianna Nascimento

    Os petistas e os seus comparsas destruiram o Brasil durante 16 longos anos de sacanagens. Em 2 anos o Bolsoraro de governo querem tudo 100%? Me errem.
    Não é o presidente dos meus sonhos mas, muito melhor que os Lula, Dilma, Zé Dirceu, Renan, Sarney, Maia, Alcolumbre, Temer…….etc, etc.
    Que tal o Collor de volta? Escolham um da esquerda! Que tal Gleisi ou Ciro Gomes?

Deixe uma resposta