O prefeito Rafael Greca pegou briga feia com o pessoal da enfermagem que trabalha nas UPAs e postos de saúde do município. Dia desses, em postagem no seu Facebook pessoal, o prefeito reagiu a uma crítica da servidora que reclamava das más condições de trabalho nas unidades. “Olhem um pouco para a equipe de enfermagem das unidades de saúde. O pessoal está ficando doente!!!”, escreveu a auxiliar de enfermagem Ingrid Bohler também no Facebook.

Greca reagiu. Respondeu que as enfermeiras das UPAs trabalham apenas 12 horas e descansam 60. “Não há como ficar doente, a não ser de tédio de tanto descansar. A não ser que cometa excessos durante seu descanso.”

Imediatamente o Conselho Regional de Enfermagem (Coren) publicou nota de repúdio, enquanto dezenas de internautas lotaram a página do prefeito com comentários críticos.

Rafael teve de se render: neste domingo (17), reconheceu o erro e postou um pedido de desculpas:

Greca ofende enfermeiras e pede desculpasQuando erramos, é preciso ter humildade para reconhecer.
O meu comentário para a auxiliar de enfermagem Ingrid Bohler sobre a jornada semanal de trabalho não corresponde ao meu pensamento em relação à categoria! 
Reconheço o trabalho dos enfermeiros e da equipe de enfermagem em prol do SUS Curitibano. Tanto que entreguei nas mãos de uma enfermeira de carreira no SUS Curitibano, a saúde dos curitibanos. A secretária de Saúde, a enfermeira Márcia Huçulak é a nossa enfermeira-mor. 
Os enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem são os profissionais do cuidado por excelência. Um cuidado que não para. 
Na nossa rede, na atenção primária, nos postos de saúde, temos 4 mil consultas com enfermeiros e 30 mil procedimentos com a equipe de enfermagem por dia. Além disso, são 2800 classificações de risco por dia nas nossas UPAs. 
Ao todo, temos na Secretaria de Saúde 781 enfermeiros e 2.343 técnicos e auxiliares de enfermagem. 
Não posso deixar de reconhecer como esses profissionais são a engrenagem do SUS, responsáveis, além de muitas tarefas, pelo acolhimento dos enfermos e pelo primeiro atendimento. 
Com muitos profissionais se aposentando, sabemos como as equipes estão sobrecarregadas. Por conta disso é que não me furto em recompor essa equipes. Porque não queremos que ninguém fique doente! Queremos que nossos enfermeiros e técnicos estejam bem, para bem atender a nossa população.
Estamos terminando um processo de chamamento e temos a previsão de nomeação de 27 enfermeiros e 110 técnicos de enfermagem até o fim do mês. 
A nossa secretaria de Recursos Humanos estará sempre atenta às condições de trabalho dos nossos funcionários!#EnfermagemSUS#OrgulhoDeCuritiba