Frente Parlamentar do Pedágio seguirá ativa e vigilante, diz deputado

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB) disse nessa quinta-feira (20) que a Frente Parlamentar sobre o Pedágio, da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), vai manter os trabalhos de sensibilização e de mobilização da sociedade até que haja uma solução adequada sobre o modelo de concessão de estradas paranaenses.

Em entrevista para a primeira edição do jornal Operação Cidade, da Rádio Cabiúna de Bandeirantes, Romanelli reforçou que os deputados continuarão atuantes na defesa dos interesses do Paraná. “A Frente Parlamentar continuará atuante até que o Ministério da Infraestrutura faça as adequações no modelo de concessão para fazer prevalecer o interesse público”, afirmou.

Romanelli também destacou as duas audiências públicas da frente parlamentar realizadas nesta semana  e que outros ainda serão agendados para atender demandas que chegam à Assembleia Legislativa de todas as regiões do Paraná. “É fundamental que a sociedade participe”, disse.

Para Romanelli, é importante que o poder legislativo e a sociedade se mantenham vigilantes mesmo após o recuo do governo em relação ao modelo híbrido. “Vamos ver o que vão nos propor. Não podemos repetir os erros do passado”, destacou o deputado. “Tem questões preocupantes que temos que discutir para poder ter uma modelagem adequada”.

O deputado ressalta que, além da licitação pelo menor preço de tarifa, a nova proposta do governo federal deve responder a outras inovações do modelo híbrido, como o degrau tarifário de 40%, a taxa de equalização cambial que pode elevar a tarifa em até 6%, a questão da indexação do pedágio ao IPCA e o depósito de caução para garantir as obras.

Deixe uma resposta