Embaixadores e senadores são cotados para assumir Ministério das Relações Exteriores

Após o anúncio do pedido de demissão do atual ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, nomes começam a surgir como possíveis substitutos para o chanceler. Há quem defenda que a substituição aconteça no âmbito político, e há, ainda a corrente que defende que o novo ministro seja um embaixador. Nomes como Fernando Collor e do embaixador Luis Fernando Serra estão sendo considerados.

No senado, três nomes são citados nos bastidores: Fernando Collor (Pros-AL), Antonio Anastasia (PSD-MG) e Nelsinho Trad (PSD-MS). Há ainda quem defenda o nome do ex-presidente Michel Temer (MDB-SP), que é, porém, citado com menos força. O nome de Fernando Collor é considerado uma opção desde fevereiro, muito antes do anúncio da possível saída de Aráujo.

No campo diplomático, são lembrados os nomes de dois embaixadores: Luís Fernando Serra, que representa o Brasil na França, e Nestor Forster, embaixador nos Estados Unidos. O embaixador de Paris, no entanto, é visto por alguns parlamentares como uma opção tão ou mais radical que Ernesto Araújo. (Do Metro 1).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui