São 35 as emendas apresentadas pelos deputados que integram o substitutivo da PEC da reforma da previdência estadual que será votado esta tarde na improvisada sede da Assembleia Legislativa na Ópera de Arame.

O projeto original encaminhado pelo governador Ratinho Jr. recebeu sugestões para alteração e constam do relatório do deputado Tiago Amaral, presidente da Comissão Especial criada para apreciar as mudanças no sistema de seguridade do servidor público.

Uma das emendas aceitas pelo relato é a que expande para três salários mínimos a isenção para desconto da contribuição previdenciária, que será elevada de 11% para 14% sobre todos os salários acima deste piso.

Veja a íntegra do substitutivo geral: