Bolsonaro diz que é “impedrejável”

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (14) ser “impedrejável”. A declaração foi feita a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, quando atacou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o qual chamou de “nove dedos”, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

“Você não sabe o que é uma cadeira presidencial pra desejar 22 pra gente. Tem uma demonstração clara de quem dominava o Brasil, né? Eles querem voltar a qualquer custo. Mas não é apenas aquele pessoal do nove dedos não, tem mais gente, também, que ficou mal acostumada ao longo dos 30 anos.”

“Sou impedrejável, mais uma aí”, emendou, acrescentando a expressão à lista das que costuma utilizar quando se refere a si mesmo, como “imorrível, imbrochável e incomível”.
Por fim, Bolsonaro afirmou que Doria tem “sede de poder” e o atacou, dizendo que o governador “não consegue administrar o estado dele e quer comandar o Brasil”.

“É sede de poder, né? Não consegue administrar o estado dele, quer comandar o Brasil”, afirmou. Doria pode ser um dos adversários de Bolsonaro na campanha à reeleição em 2022.(Do Correio Braziliense).

 

Deixe uma resposta