André Mendonça é sorteado relator da notícia-crime contra Bolsonaro

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o bolsonarista André Mendonça, foi sorteado nesta sexta-feira (17) relator na Corte da notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) por prevaricação e advocacia administrativa.

A notícia-crime foi apresentada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) depois de Bolsonaro ter afirmado que mandou “ripar” servidores do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) após receber a informação de que o órgão paralisou uma obra do empresário bolsonarista Luciano Hang.

Uma outra ação com o mesmo tema, protocolada pela deputada Natália Bonavides (PT-RN), também foi distribuída ao gabinete de Mendonça “por prevenção” – isso significa que as duas ações vão tramitar juntas.

Mendonça tomou posse nessa quinta (16) como ministro do Supremo, indicado por Bolsonaro.

O presidente da República deu a declaração na quarta-feira (15), em um evento com empresários em São Paulo.

Também depois da declaração de Bolsonaro, o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro pediu à Justiça o afastamento da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Larissa Rodrigues Peixoto Dutra. (Do G1).

Deixe uma resposta