A carta de um policial militar ao Papai Noel

Uma carta anônima escrita por um policial da ROTAM chegou às mãos de Papai Noel.

A carta de um policial militar ao Papai NoelQuerido papai Noel! Meu nome é Soldado Anônimo da ROTAM da Polícia Militar do estado do Paraná. Como está o senhor? Espero que bem.

Gostaria nesse momento de falar sobre algumas coisas boas que eu fiz durante esse ano. Tenho certeza que o senhor ficará muito contente comigo. Esse ano nós, polícias da ROTAM, trabalhamos duro combatendo o crime, prendemos muitos bandidos entre eles traficantes, assaltantes, estupradores, estelionatários, usuários de drogas, receptadores de produtos roubados ou furtados etc… combatemos a desordem e o caos, passamos pelo extremo da profissão tendo que trocar tiros com marginais que algumas vezes estão bem melhor armados que nós.

Muitas vezes extrapolamos o horário do turno de serviço, perdemos algumas festas de família, deixamos os nossos filhos nos esperando para receber um beijo de boa noite e eles acabaram dormindo sem receber esse beijo pois o papai estava na delegacia entregando um flagrante de algum marginal que oprime a sociedade. Ficamos muito felizes quando temos êxito em nosso serviço, comemoramos cada prisão, cada apreensão cada vitória que conquistamos contra o crime.

Também perdemos alguns companheiros de trabalho em confronto com marginais, alguns outros por não aguentar a pressão do dia a dia do militarismo da família e da sociedade no modo geral, e por isso acabaram cometendo suicídio.

Enfim, acredito ter sido um bom moço durante esse ano.

PEDIDO
Gostaria de pedir ao senhor um jogo de farda nova pois a última que eu ganhei da polícia foi há cinco anos e de lá pra cá tenho gastado em torno de R$ 190,00 reais em cada conjunto de farda tipo safari que é o modelo que a ROTAM utiliza para trabalhar, até mesmo porque os meus irmãos da Rádio Patrulha ganham as fardas deles (nada mais do que o justo). A lanterna boa e um coturno bom eu já comprei com o dinheiro do meu salário, que por sinal já faz 4 anos que não recebe nem a reposição de inflação garantida por lei. Mas tudo bem: por enquanto se o senhor me conceder uma farda já fico muito agradecido.

Assinado: Soldado Anônimo da ROTAM da Polícia Militar do estado do Paraná.

3 COMENTÁRIOS

  1. É nisso que dá reeleger um governador que já dava mostras de ser ladrão e incompetente. Um dia o povo daqui vai aprender a não olhar as pesquisas e votar em QUALQUER UM que não faça parte do grupo dos mesmos.

  2. É uma vergonha o descaso do governo, além da injustiça de que o único poder que não teve reajuste nos últimos 3 anos foi o executivo. Os policiais militares já acumulam 16,30% de defasagem salarial, uma maneira dissimulada do governo de diminuir o salário dos policiais. Mas como sempre quem paga a conta é o pobre, já que os servidores de todos os outros poderes receberam o reajuste inflacionário. Os policiais do estado do Paraná estão 3 anos sem reajuste da inflação, enquanto isso tudo sobe de preço. Mas infelizmente sabemos que o papai noel não vai trazer presente esse ano. Como cobrar mais dedicação dos policiais?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui