Bancada do Paraná promete defender UFPR

Dos 35 representantes do Paraná no Congresso Nacional – 30 deputados e 3 senadores – apenas 14 participaram de ato realizado nesta segunda-feira em se reuniram, na manhã desta segunda-feira (13) em ato em defesa das Universidades e contra o corte de 30% no orçamento contra o corte de 30% no orçamento das universidades.

Eles se reuniram no gabinete do reitor da Universidade Federal do Paraná, professor Ricardo Fonseca, e se comprometeram lutar em Brasília pela reversão da medida que pode afetar pesadamente o funcionamento da UFPR no próximo semestre. A instituição terá seu orçamento de 2019 reduzido de R$ 161 milhões para R$ 112 milhões.

Segundo o deputado Gustavo Fruet, o corte “não foi uma estratégia de contingenciamento e sim de retaliação”, o que se caracterizou pelo fato de que, inicialmente, a redução de 30% atingiria apenas três universidades federais (Bahia, Rio de Janeiro e Minas Gerais) que, segundo o ministro Abrão Weintraub, eram palco de “balbúrdia”. Posteriormente, a medida foi estendida para as demais instituições federais de ensino superior.

 

Estiveram presentes, além dos três senadores paranaenses (Alvaro Dias, Flávio Arns e Oriovisto Guimarães), os deputados Rubens Bueno, José Carlos Schiavinato, Gustavo Fruet, Luciano Ducci, Sérgio de Souza, Luizão Goulart, Reinhold Stephanes Jr., Aliel Machado, Chico da Pricesa, Toninho Wandscheer e Leandre Dal Ponte.