Wajngarten com coronavírus; Bolsonaro é monitorado

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Informa o jornal O Estado de S. Paulo que o  secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, apresentou teste positivo para coronavírus e agora aguarda o resultado da contraprova. Já o presidente Jair

Bolsonaro  e integrantes da comitiva que o acompanhou a Miami, nos Estados Unidos, estão sendo monitorados desde a quarta-feira, após Wajngarten apresentar sintomas de gripe e ser submetido a um teste para o coronavírus.

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, também integrou a comitiva, viajando no mesmo avião do presidente.

Nesta quinta-feira (12), o presidente cancelou viagem ao Rio Grande do Norte. O ministro do desenvolvimento regional,, Rogério Marinho, afirmou que o evento oficial foi cancelado por “razões de segurança sanitária”. “A decretação ontem da Organização Mundial da Saúde de uma pandemia mundial nos obriga a ter segurança com a saúde do presidente e as pessoas ao seu entorno”, afirmou Marinho na sua conta oficial do Twitter.

 

Também participaram da comitiva aos Estados Unidos, entre sábado e terça-feira, os ministros Ernesto Araújo, Augusto Heleno, Fernando Azevedo e Silva e Bento Albuquerque, além dos senadores Nelsinho Trad e Jorginho Mello, e os deputados federais Eduardo Bolsonaro e Daniel Freitas.  

 

1 comentário em “Wajngarten com coronavírus; Bolsonaro é monitorado”

  1. Reproduzo abaixo comentário do brilhante ministro da educação sobre o fato de a presidente da ONG “Todos Pela Educação” ter sido diagnosticada com Coronavirus.

    O ministro Abraham Weintraub (Educação) citou um trecho bíblico em sua conta no Twitter na manhã desta 3ª feira (10.mar.2020). A citação vem de Salmos, 94:23.

    “O Senhor fará recair sobre eles a sua própria iniquidade, e os destruirá na sua própria malícia; o Senhor nosso Deus os destruirá”, escreveu.

    Para o ministro, parece que o fato de uma pessoa ter posicionamento político diferente do dele já a faz ser merecedora da ira divina e seus castigos.

    O brilhante Abraham fará algum comentário sobre o Wajngarten?
    A conferir.

Deixe uma resposta