Vereadora cobra de Greca o estranho EstaR madrugueiro no Botânico

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A vereadora Maria Leticia (PV) protocolou um pedido de informações para  Prefeitura de Curitiba sobre a implantação do EstaR no Jardim Botânico. A vereadora quer explicações da Prefeitura sobre quais critérios utilizados para implantação e questiona o horário da cobrança.

Pelo decreto  Nº 569, de 1980, o estacionamento remunerado de veículos funciona de segunda à sexta feira, entre às nove e às dezenove horas, e aos sábados entre às nove e às treze horas. A placa instalada no novo estacionamento prevê cobrança de segunda à domingo, das 6h às 20 horas. “Entendo que há uma irregularidade no horário de implementação do EstaR no Jardim Borânico, pois a Prefeitura deve obedecer a lei municipal e as regulamentações.”

Maria Leticia entende que a cobrança vai desincentivar a frequência ao parque, pois nenhum outro na cidade cobra para que as pessoas possam frequentá-lo. “É um ótimo lugar para caminhar ou correr e mesmo aquela pessoa que acorda cedo e quer se exercitar antes de trabalhar, vai ter que pagar, pois o EstaR do Botânico inicia às 6 horas da manhã. Não faz sentido”, comentou a vereadora.

2 comentários em “Vereadora cobra de Greca o estranho EstaR madrugueiro no Botânico”

  1. Maria Leticia: o ESTAR, criado há mais de 20 anos, foi projetado apenas para disciplinar a rotatividade de estacionamento público no CENTRO da cidade. Com o passar dos anos, os vários prefeitos, se apropriaram de uma RECEITA EXTRAORDINÁRIA sem destinação específica, transformando o ESTAR num novo meio de arrecadação, expandindo sua abrangência, para efetuarem gastos fora do orçamento municipal. Com o advento da pandemia SOBRAM inúmeras vagas em Curitiba, tornando o sistema obsoleto, dispensável e penoso aos moradores da cidade. As estarletes estão entre os piores funcionários municipais, prepotentes, arrogantes e ditatorialmente policialescas. Não existe bom senso, tal qual aquela motorista que foi multada, por trocar o zero pela letra O no cadastro celular.

  2. Estar;
    Uma ofensa ao contribuinte, também aos turistas que vem nos visitar, não podemos esquecer que o sistema Estar foi inventado para dar rotatividade de vagas no centro da cidade, pois o pessoal que trabalhava no centro da cidade estacionava o carro e ficavam o dia inteiro, não permitindo que cidadão que fosse resolver qualquer questão no centro da cidade, não encontrava vaga. Apenas isso.
    Hoje tem Estar nos bairro como no Bacacheri, Agua Verde entre outros e até na rua Nicaragua tem Estar, aonde não falta vagas, muito pelo contrario,
    Com multa de 200,00 Reais e obrigando o cidadão não importando a idade a ter smartfone com aplicativos determinados, saber usar, não perder a hora e ainda pagar por isso.
    Inclusive com a pandemia e falta de aula, deveria estar suspenso.
    O município esta alugando espaço público do contribuinte que já paga seus impostos regularmente.
    É UM ABSURDO!
    Se esta faltando vaga no Jardim Botanico para ter rotatividade, que o poder executivo municipal faça a sua parte e que abra novas vagas, pois espaço tem!
    Não Vote Em Vereador Que Concorde Com Isso.
    COBREM DE SEU VEREADOR POSIÇÃO SOBRE ISSO E OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE DO CONTRIBUINTE E CIDADÃO CURITIBANO OU DESISTA E SE MUDE PARA PINHAIS!

Deixe uma resposta