Vereador pede explicações da secretária da Saúde de Curitiba sobre leitos de UTI

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O vereador Dalton Borba (PDT)  apresentou um requerimento na Câmara Municipal de Curitiba  solicitando a convocação da secretária municipal de saúde, Márcia Huçulak, para que ela informe quais são as medidas adotadas pela prefeitura para combater o avanço do coronavírus em Curitiba.

Dalton Borba demonstrou preocupação com a oferta de leitos de UTI na capital paranaense para receber pacientes da Covid-19. “Tenho informações que, ao contrário do que está sendo informado, não há leitos de UTI suficientes para atender todos os infectados”, declarou. “Esta notícia não é minha, é da categoria médica de Curitiba.”

O vereador sugeriu à Comissão de Saúde “atividades in loco” para verificar a situação e alertou que parte desses leitos estão no Hospital do Idoso, “que é o maior grupo de risco”. “Seguramente isso [pandemia] vai ocupar os livros de história de qualquer país do planeta, e nós não estamos preparados para enfrentar”, afirmou. A maior preocupação do vereador é que alguns hospitais estão ocupando as vagas de UTI, com pacientes que fizeram cirurgias eletivas, e por isso todos os leitos de terapia intensiva estariam lotados no município, segundo informações repassadas pela categoria médica de Curitiba.

No requerimento, o vereador pede que Márcia Huçulak apresente à Comissão de Saúde, Bem-Estar e Esportes da Câmara Municipal, os dados sobre a disponibilidade de leitos que serão disponibilizados aos pacientes que contraírem o Covid-19, bem como o número de profissionais que estão habilitados para atuar no combate à doença em Curitiba. O objetivo é informar e esclarecer à população sobre as medidas de combate ao coronavírus, que estão sendo adotadas pelo município. O requerimento foi protocolado nessa quinta-feira (19), e deve ser apreciado pela Casa nesta sexta-feira (23), em votação única, seguindo a tramitação legislativa.

 

Deixe uma resposta