Tribunal do Júri condena ex-prefeito pela morte de ex-procurador

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O Tribunal do Júri de Guarapuava, no Centro Sul do Estado, condenou a 19 anos e 3 meses de reclusão o ex-prefeito de Chopinzinho (gestão 2013-2016) pelo assassinato do então procurador do Município. O crime ocorreu em 16 de março de 2015, e o réu foi denunciado como mandante de homicídio triplamente qualificado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR)em 15 de abril do mesmo ano.

Na sessão de julgamento, que se estendeu por dois dias (terça e quarta desta semana, 26 e 27 de outubro), os jurados reconheceram duas qualificadoras: motivo torpe e uso de meio que dificultou a defesa da vítima. Conforme a denúncia, o procurador teria sido morto, entre outros motivos, porque o réu agora condenado desconfiava que ele teria noticiado anonimamente ao MPPR possíveis atos de improbidade administrativa que teriam sido cometidos pelo ex-prefeito.

Pelo fato de o então prefeito ser pessoa pública e, ademais, o caso ter provocado comoção na cidade, o processo foi desaforado para a comarca de Guarapuava, onde foi realizado o julgamento. O réu atualmente está cumprindo medida cautelar de monitoração com uso de tornozeleira eletrônica e poderá recorrer da sentença em liberdade. (Do MPPR).

Deixe uma resposta