O presidente Jair Bolsonaro decidiu tirar dos cargos os ministros da Educação (Abraham Weintraub), da Casa Civil (Onyx Lorenzoni) e do Turismo (Marcelo Álvaro Antônio). A informação foi confirmada hoje (21 de novembro) ao site de notícias Vortex por dois interlocutores do presidente que acompanham de perto os novos rumos do governo.

Resta, porém, uma dúvida importante: quando promover essa minirreforma ministerial. Segundo as fontes ouvidas pelo Vortex, o mais provável é que o presidente faça as mudanças no começo do ano. A crise do PSL e, agora, a criação do Aliança pelo Brasil podem acelerar a minirreforma.