PSB pede ao TCU proibição da campanha ‘O Brasil não pode parar’

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) pediu nesta sexta-feira (27) que o Tribunal de Contas da União (TCU) proiba a veiculação de material publicitário da campanha “O Brasil não pode parar”, na qual o governo defende o isolamento vertical (somente de idosos e grupos de risco)  durante a epidemia do coronavírus Covid-19.. Segundo partido, os R$ 4,8 milhões destinados à campanha caracterizam uma despesa irregular.

“A tentativa de utilizar campanha publicitária para, sem qualquer amparo técnico, deslegitimar a atuação competente dos órgãos técnicos, do Ministério da Saúde, dos Estados, Distrito Federal e Municípios, é claro abuso dos objetivos desse instrumento de comunicação oficial e deve ser prontamente interrompido, sob pena de ampliação dos danos causados ao Erário com a formulação de publicidade flagrantemente irregular, bem como dos danos irreversíveis à saúde pública”, argumenta no partido na petição.

 

Deixe uma resposta