Preso em Curitiba autor de morte de rival político ocorrida há 20 anos

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Um homem condenado à prisão por ter sido mandante de um homicídio ocorrido em Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, há mais de 20 anos, foi preso nesta quinta-feira (24)  na capital, a partir de pedido de execução de sentença formulado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR). Trata-se de Azemir João de Barros, conhecido como Alzemir Manfron, condenado pela morte de Miguel Donha, que era filiado ao PPS, atual Cidadania.

O crime ocorreu no início do ano 2000 – a vítima era então pré-candidato a prefeito de Almirante Tamandaré e rival político do réu, que foi sentenciado em 2017 à pena de 16 anos, 7 meses e 15 dias de reclusão em regime fechado. Após os recursos da defesa terem sido negados, o processo já transitou em julgado.

O MPPR, a partir da Promotoria de Justiça de Rio Branco do Sul, requereu o cumprimento da decisão, o que foi deferido pelo Juízo Criminal da comarca. A prisão foi efetuada nesta manhã, no bairro Cabral, em Curitiba, com suporte de uma equipe do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime organizado (Gaeco).

 

Deixe uma resposta