Ponte de União da Vitória: vários pais e uma só mãe?

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

O ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Legislativa Valdir Rossoni, que não se reelegeu para a Câmara Federal na eleição de 2018, insinuou esta semana em postagem nas redes sociais que o culpado por sua derrota foi o prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, que, durante a campanha assumiu os méritos pela construção da ponte José Richa – histórica reivindicação do município e com obra iniciada durante o governo de Beto Richa. Rossoni ocupava a chefia da Casa Civil quando o investimento de R$ 25 milhões para a obra foi autorizado pelo governo estadual.

A declaração de Rossoni foi uma reação à entrevista que Roveda concedeu antes à emissora, na qual afirmou que a ponte foi projetada, iniciada e será brevemente concluída durante sua gestão à frente do município. “Esta obra tem vários políticos que se apresentam como pais, mas na verdade ela só tem uma mãe”, disse o prefeito referindo-se a si próprio.

No Facebook, Rossoni chamou o prefeito de mentiroso e prepotente. O ex-parlamentar afirmou que o projeto da obra foi iniciado pelo ex-prefeito Pedro Ivo e que os recursos estaduais foram viabilizados ainda no Governo Beto Richa por ele e pelos deputados estaduais Hussein Bakri e Alexandre Curi.

Quem acompanha a política local avalia que o discurso de Santin é de candidato à reeleição, apesar de já ter dito ao longo do mandato que não disputaria o cargo novamente. O vice-prefeito, Bachir Abbas, teme o descumprimento da promessa de que seria lançado candidato à sucessão municipal pelo grupo político que apoia a atual gestão.

1 comentário em “Ponte de União da Vitória: vários pais e uma só mãe?”

  1. Esse Rossoni tem muito a explicar sobre a sua vida politica e muito mesmo pois devia se recolher e torcer que o esquecessem, mas faz questão de chamar atenção daqui a pouco a corda arrebenta para o seu lado.

Deixe uma resposta