Para evitar derrota, presidente da comissão do voto impresso encerra sessão

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
O presidente da comissão especial da PEC do voto impresso, na Câmara dos Deputados, deputado federal Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), evitou na tarde desta sexta-feira (16) possível derrota da proposta. Após uma sessão autoconvocada por manobra de 12 partidos contrários à Proposta de Emenda à Constituição (PEC), Martins encerrou subitamente a sessão sem votar a matéria.

O parlamentar paranaense atendeu a um pedido do relator da PEC, o deputado federal Filipe Barros (PSL-PR), que pediu mais tempo para alterar seu parecer e apresentar um substitutivo. “Se ao voto do relator forem sugeridas alterações, com as quais ele concorde, ser-lhe-á concedido prazo até a reunião seguinte para a redação do novo texto”, diz um inciso do artigo 57 da Câmara.

A manobra recebeu protestos de vários deputados. E um deles chamou Martins de “picareta!”.

A maioria dos partidos de centro tirou integrantes da comissão especial que eram favoráveis ao voto impresso e colocou membros contrários à matéria.

1 comentário em “Para evitar derrota, presidente da comissão do voto impresso encerra sessão”

Deixe uma resposta