Movimento curitibano busca conscientizar eleitores

COMPARTILHE:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Está nascendo em Curitiba o Movimento Eleitor Consciente (MEC). Tem o objetivo de ajudar os eleitores a valorizarem o seu voto e a escolherem os candidatos de acordo com propostas e compromissos com o Brasil . Para isso, busca pessoas de qualquer idade, sexo, cor ou crença que se sintam responsáveis pelo futuro dos seus, sejam filhos, netos, irmãos, irmãs, jovens ou idosos.

Outro objetivo é ajudar o Brasil a fazer a lição de casa, trabalhar pelas reformas para que o país volte a crescer, gerando empregos e desafogando a economia.  “É preciso recuperar a posição de sétima ou oitava economia do mundo e, para isso, é preciso muito esforço da sociedade, por meio das classes empresariais e dos trabalhadores, e dos poderes constituídos”, afirmam os criadores do movimento.

O MEC quer a união urgente do capital privado com  o capital público produtivo. É hora, dizem os dirigentes, de somar esforços. “Nosso movimento quer a privatização das empresas estatais inoperantes e que só dão prejuízos”, afirmam. Eles explicam que o movimento quer escolas de qualidade, quer ajudar a desenvolver a pesquisa e a valorizar a ciência. O MEC prega o fortalecimento da iniciativa privada para que ela possa contribuir para o crescimento nacional.

O movimento foi criado pelo publicitário Hiram de Souza e tem como coordenador o coronel da reserva Antonio Carlos Figueiredo. Os dois asseguram que se trata de “um esforço em favor de um novo Brasil, um Brasil com deputados, senadores e vereadores dispostos a preservar o bem público, um Brasil com prefeitos, governadores e um presidente da República dispostos a colocar o país novamente na trilha do progresso social e econômico, um Brasil que valorize o seu povo”.

No momento, o MEC registra seu estatuto e em breve iniciará suas campanhas em favor do Brasil.

(Do Diário Indústria & Cmércio).

Deixe uma resposta