Morre Euclides Scalco

Depois de um período de resistência e luta contra a covid, morreu em Curitiba nesta terça-feira (16), aos 88 anos, o político e farmacêutico Euclides Scalco que teve sua vida, trajetória e carreira pública retratada recentemente no livro  “Euclides Scalco – O homem, seu tempo e sua história”. Gaúcho de Vista Alegre do Prata, Scalco fez do Sudoeste paranaense, principalmente em Francisco Beltrão, a largada e o palco de sua intensa vida política. Foi vereador e prefeito da cidade, onde também trabalhou como farmacêutico-bioquímico. Envolveu-se nas lutas sociais da região, motivadas pela questão da reforma agrária.

Foi deputado federal por três legislaturas. Numa delas, como Constituinte, ajudou a elaborar a Constituição Federal de 1988. Também foi chefe da Casa Civil do governo José Richa (1983-1986). Ocupou o cargo de ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República no governo Fernando Henrique Cardoso. Foi ainda coordenador do Instituto Ciência e Fé. Pertenceu ao MDB, ao MDB e ao PSDB. Desempenhou o cargo de diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional. Ele sempre esteve no meio dos principais acontecimentos regionais, estaduais ou nacionais dos últimos tempos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

%d blogueiros gostam disto: