Moro se inclui fora das eleições no Congresso

A posição oficial do ministro da Justiça, Sérgio Moro, é de que não vai se imiscuir nas eleições das novas mesas da Câmara e Senado Federal. A tarefa tem ficado a cargo do procurador-chefe da Força Tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, que vem se manifestando publicamente contra a eleição do senador Renan Calheiros para a presidência do Senado.

Segundo Deltan, a volta de Renan ao posto é uma grave ameaça à intenção do ministro, com o apoio de procuradores e entidades da magistratura, de aprovar o mais rápido possível um pacote de leis anticorrupção, contemplando as Dez Medidas e as 70 sugestões elaboradas pela Transparência Internacional.

Apesar de querer distância da articulação política, Moro admite ir para a linha de frente das negociações com o Congresso em defesa do seu projeto anticrime. O texto, em fase final de redação, vai incluir a possibilidade de prisão após segunda instância.

2019-01-12T13:06:22+00:00 12 janeiro - 2019 - 13:06|Brasil, Paraná, Política|4 Comentários


4 Comentários

  1. Roberto 12 de janeiro de 2019 em 15:03 - Responder

    O Renan tem que ser impedido de qualquer maneira sim o risco de desacreditar as boas intenções do novo governo.
    Ridrigo Maia será o limite da tolerância na outra casa. No senado jamais a repetição do poder

  2. Leitora 12 de janeiro de 2019 em 15:58 - Responder

    Uma pessoa que acredita neswn governo eleito que está arrebentando nossas relações externas, que acha que tem que doutrinar criança para extrema direita pentecostal e de supremacia branca, que coloca os amigos onde quer e antes apontava o dedo para quem fazia isso, que acha ok atirar nas pessoas, queqfez acordo com os deputados do nordeste no quarto dia de mandato, que tem um assessor com q.i..acima da média e fez 1,2 milhão vendendo carro, que pagou para as empresas de média explorar nosso linkedln, face ou Instagram para te classificar e mandar mensagens de acordo com a sua recepção, mas sempre para todos com a mesmas mentiras, se vc acredita num governo que o candidato se batizou num rio.e tirou foto e mandou para os crentes, que combinou com um juiz para ele ficar soltamds noticia no meio da eleição para influenciar as pessoas sobre a honestidade desse ou daquele, o Deus, se vc acredita num cara que usa o nome de deus em.vao para galgar o poder, carro vc está perdido já e a culpa disso certamente nao e do Renan Calheiros.

  3. Rock 12 de janeiro de 2019 em 19:25 - Responder

    Dalltan por que o silêncio sobre o Queiroz? Quando fica pronto o powerpoint dele, estamos todos ansiosos para ver .

  4. Xhyko 14 de janeiro de 2019 em 20:32 - Responder

    Que moral tem Dalagnoll para criticar Renan?
    Renan é mais serio que essa turma toda que o ataca.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Contraponto. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Contraponto se reserva os direitos de não publicar e de eliminar comentários que não respeitem estes critérios.

Deixe uma resposta